sábado, 24 de março de 2012

Quando...



Toquei sua face e logo senti o beijo mais doce que já recebi e uma emoção tão grande em meu peito. O pulsar do meu coração a cada vez que via você...

O abraço mais verdadeiro;

As palavras mais bonitas ao encanto de luares e dias compartilhados com a sua presença. Não existiam espaços em meus pensamentos... Só existia confiança é acumulo de emoções em minha vida.

Lembro-me quando você olhou cada detalhe do meu rosto e chorou declarando amor para mim e que não queria me perder...

Sim! Existiu uma dimensão dentro da minha alma e carinhos ofertados em todo meu ser.


Pena...

Hoje nem meio início e provavél o fim...


Alininha

sábado, 4 de fevereiro de 2012